Notícias


Vendas pela internet devem crescer 35% neste ano

O faturamento do comércio eletrônico no Brasil deve fechar o ano com crescimento de 35% sobre 2007, aponta relatório divulgado nesta quarta-feira (15) pela consultoria e-bit. De acordo com o levantamento, as vendas on-line devem atingir faturamento de R$ 8,5 bilhões, informa a Folha Online.

A consultoria afirma que o resultado no comércio eletrônico está relacionado ao aumento no número de consumidores, que cresceu 42% de janeiro de 2007 a junho de 2008. "Isso significa que as lojas virtuais conquistaram cerca de 3,5 milhões de novos compradores. Só no primeiro semestre deste ano o faturamento foi de R$ 3,8 bilhões", afirma a e-bit.

Atualmente, mais de 11,5 milhões de pessoas, segundo a consultoria, já experimentaram comprar algum tipo de produto pela internet.

"As principais vantagens que atraem os consumidores ao mundo digital são as práticas de preços mais baixos, financiamento facilitado, frete grátis, facilidade de compra, além da praticidade em comparar preços de produtos."

Outro ponto abordado pela e-bit para justificar o aumento das vendas pela internet trata da expansão das vendas de computadores no país.

"Além da vantagem da compra direta, o comércio eletrônico está investindo cada vez mais em segurança na navegação, o que gera a confiança do consumidor", explicou o diretor comercial da e-bit Informação, Maurício Salvador. Ele afirma que as vendas on-line possibilitam que a cadeia produtiva de distribuição perca intermediários, diminuindo o custo do produto.