Logo Leandro e CIA

Venda de veículos volta a bater recorde em março

Publicado em:

Folha Online

da Folha Online

Hoje na FolhaA indústria automotiva voltou a bater recorde de vendas em março, como se a crise já tivesse ficado para trás após a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre carros e a retomada do crédito, informou Paulo de Araujo na edição de hoje da Folha. A reportagem completa está disponível apenas para assinantes do jornal e do UOL.

O setor teve no mês passado o melhor resultado de vendas para um mês de março. Foram vendidos 271.494 veículos –entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. Foi um volume 17% superior ao registrado no mesmo mês de 2008, conforme apurou a Folha. Também foi o segundo melhor mês para a indústria automotiva na história, atrás apenas de julho de 2008, quando foram vendidas 288.137 unidades.

O impulso das vendas em março, porém, explica-se em parte pela antecipação da compra por parte dos consumidores, que ainda estavam incertos sobre a prorrogação do corte do IPI até o final de junho –o governo anunciou a extensão do benefício na segunda-feira. Agora, a expectativa é que as vendas se estabilizem em um "bom patamar", mas dificilmente baterão o mês passado, já que não há mais a mesma pressa do consumidor para adquirir o automóvel a um preço menor. Por conta do IPI reduzido, os carros ficaram entre 5% e 7% mais baratos.

"Mas não podemos nos acomodar com o resultado. O mercado é dinâmico. Se tirar o pé, esse momento acabará. Mas a tendência é que, mantida a situação atual, o mercado siga em um bom patamar", afirmou André Beer, ex-presidente da Anfavea. Na sua estimativa, o setor conseguirá vender, neste ano, entre 2,4 milhões e 2,5 milhões de unidades, nível similar ao alcançado em 2007.

Na segunda-feira, o presidente da Anfavea, Jackson Schneider, disse que se o governo não prorrogasse as reduções nas alíquotas do IPI, como fez no início da semana, a venda de veículos poderia cair até 30% nos meses seguintes.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: