Notícias


Vai declarar Imposto de Renda? Fique atento às novidades deste ano!

A idéia não é acabar com a alegria dos foliões. Mas, terminando o Carnaval, um assunto será inevitável e fará parte do seu dia-a-dia: o Imposto de Renda 2007.

Afinal, aqueles que tiverem que prestar contas à Receita terão entre os dias 1º de março e 30 de abril (sem prorrogação!) para entregar sua declaração de IR 2007, correspondente aos rendimentos e despesas ocorridos em 2006.

E para este ano, a Receita Federal reservou algumas novidades, anunciadas nesta segunda-feira (05) pelo supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. Confira!

Novos valores Uma das principais mudanças da declaração do Imposto de Renda 2007, ano-base 2006, diz respeito ao limite de isenção, que passou de R$ 13.968,00 para R$ 14.992,32.

No mesmo sentido, o desconto simplificado (declaração simplificada), antes limitado a R$ 10.340,00, passou a R$ 11.167,20. As deduções por dependente (declaração completa) aumentaram de R$ 1.404,00 para R$ 1.516,32 e as despesas de instrução, de R$ 2.198,00 para R$ 2.373,84. O desconto para aposentados é de R$ 1.257,12.

Novidades 2007

Pagamento

Até 2006, o pagamento do imposto podia ser feito em seis vezes. Para 2007, a Receita anunciou que será permitido o pagamento em oito quotas.

Outra novidade é a opção de pagamento das quotas por débito automático. Neste caso, basta o contribuinte assinalar, no preenchimento da declaração, a opção de autorização de débito e informar detalhes como banco, agência e conta corrente. Caso a opção seja escolhida, a funcionalidade “Imprimir Darf” estará inibida, independentemente do número de quotas selecionado.

Dependentes

O contribuinte terá que preencher o CPF de todos os dependentes que forem maiores de 21 anos em 31/12/2006

Empregado doméstico

Os valores pagos a título de Contribuição Patronal à Previdência Social do empregado doméstico serão deduzidos do Imposto devido, obedecendo aos limites definidos em lei: R$ 522,00 + R$ 12,00 ou R$ 14,00, dependendo do mês de pagamento das férias.

O contribuinte deverá informar o Número de Inscrição do Trabalhador na Previdência (NIT), nome do empregado doméstico e valor pago.

Doações a campanhas eleitorais

Deverão ser informados, de forma discriminada, o CNPJ, nome (candidato, partido político ou comitê financeiro) e o valor da doação, atendendo ao acordo celebrado entre a SRF e o TSE.

Lucros e dividendos

Deverão ser informados valores recebidos, pelo titular e dependentes, a título de lucros e dividendos pelo, bem como CNPJ e nome da fonte pagadora.

Atenção ao prazo A entrega da declaração por meio eletrônico poderá ser feita até as 20h do dia 30 de abril. Após este horário, o contribuinte, caso encaminhe sua declaração, receberá logo após a transmissão notificação de multa por atraso na entrega. Para este ano, a Receita Federal estima receber 23,5 milhões de declarações, total 6,8% maior em relação a 2006.

O programa estará disponível na página da internet a partir de 1º de março e o primeiro lote de restituição está previsto para o dia 15 de junho.