Notícias


Tributos sobre lucro das empresas puxam arrecadação em novembro

O governo federal arrecadou R$ 29,835 bilhões em novembro, resultado 9,09% maior que o do mesmo mês no ano passado, descontado o IPCA. De janeiro a novembro, a arrecadação chegou a R$ 334,291 bilhões, o que representa aumento real de 5,47% sobre o mesmo período de 2004. Para o secretário-adjunto da Receita Federal, Ricardo Pinheiro, esses números sinalizam um desempenho positivo da economia. “Não nego que o quarto trimestre esteja melhor que o terceiro trimestre. Para dezembro, acredito em um resultado muito bom da arrecadação”, disse.

O destaque em novembro, como durante todo o ano, é a tributação sobre o lucro das empresas: Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). Na análise da Receita, alguns setores vêm mostrando recuperação da atividade. Em novembro, a arrecadação de IRPJ subiu 40,51% sobre novembro de 2004. Na CSLL, a variação foi de 33,06%. Os setores responsáveis pelo salto foram combustíveis, telecomunicações, extração de minerais metálicos e comércio atacadista.

De janeiro a novembro, a variação da arrecadação dos dois tributos também é relevante. Para o IRPJ, o crescimento acumulado é de 23,25% e, para a CSLL, 21,52%.