Logo Leandro e CIA

Sped pode trazer ganho de eficiência em gestão, diz PWC

Publicado em:

Para especialista, os problemas enfrentados no registro da NF-e, um dos pilares do sistema, provém da gestão de processos

Embora a formalização das notas fiscais eletrônicas (NF-e) seja um dos maiores desafios para as empresas na hora de implementar os pilares do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), ela pode contribuir para a revisão de processos e ganho de eficiência operacional. A opinião é do gerente sênior da PricewaterhouseCoopers, Bruno Porto.

Cadastro de clientes e de fornecedores desatualizados, duplicidade de dados e falta de regras eficazes na hora de efetuar os registros no sistema são alguns dos obstáculos enfrentados. “O problema do cadastramento é resultado de uma gestão interna de processos que precisa ser melhorada. A NF-e demanda informações que são essenciais nas organizações e que deveriam estar em conformidade independentemente do sistema”, disse.

Para resolver essas questões, Porto recomenda que seja feita uma reestruturação e limpeza na base de dados. “É preciso atualizar as informações constantemente e garantir que a inserção no sistema tenha regras claras e procedimentos mais eficientes. Investimentos em tecnologia também são essenciais para concretizar isso. Quanto mais automatizada estiver, menor a chance de erro”, explicou.

“Como o Sped foi criado para gerar dados real time, a qualidade da informação precisa ser priorizada pelo CFO. Para isso, deve desenvolver melhor a área fiscal e de TI da corporação com treinamento e qualificação profissional”, destacou.

Leia mais:

Bombril: Sped requer envolvimento da alta diretoria

Grátis: baixe livro sobre Sped "Big Brother Fiscal"

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: