Logo Leandro e CIA

Skaf apóia CNBB e quer fim de paraíso financeiro

Publicado em:

Agência Estado

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, concorda com as declarações feitas ontem por Dom Odilo Scherer de que o País seria um “paraíso financeiro”. “Precisamos diminuir corajosa e responsavelmente as taxas de juros para gerar trabalho, distribuir renda e acabar com o paraíso financeiro que nos tornamos nos últimos anos”, afirmou Skaf em nota enviada à imprensa.

As críticas do bispo foram feitas ontem durante o lançamento da campanha da fraternidade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Na avaliação de Skaf, elas se somam às da Fiesp. Para o empresário, é necessário maior controle dos gastos públicos, menor carga tributária, diminuição das altas taxas de juros e taxas de câmbio realista.

Skaf anunciou que visitará a CNBB nos próximos dias para cumprimentar pessoalmente Dom Odilo Scherer pelas declarações sobre a situação econômica do País e para discutir novos caminhos para o desenvolvimento do Brasil. Ele afirmou ainda que convidará o arcebispo de São Paulo, D. Claúdio Hummes, para acompanhar a visita à CNBB. “Somos parceiros na área da Responsabilidade Social”, disse.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: