Logo Leandro e CIA

Salário mínimo de R$ 380 injeta R$ 17 bi na economia

Publicado em:

O aumento de R$ 30 do salário mínimo, para 380, vai injetar uma renda extra de quase R$ 1,3 bilhão por mês na economia a partir de maio. Em um ano, o acréscimo chega a R$ 16,8 bilhões, prevê o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, desde o último domingo, o salário mínimo vigente no País passou de R$ 350 para R$ 380, mas o novo valor só começa a ser pago no início de maio, quando trabalhadores recebem os benefícios e salários referentes a abril.

O reajuste, oficializado por medida, foi de 8,57%. O valor representa ganho real estimado em 5,25%, descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no período de 12 meses até março, cuja taxa ainda não foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Todo recurso que é destinado para o salário mínimo vira consumo, que atinge diretamente o mercado interno", diz Clemente Ganz Lúcio, diretor-técnico do Dieese.

De acordo com a entidade, o novo salário mínimo será suficiente para comprar 2,05 cestas básicas , tendo como referência a capital paulista. É o maior poder de compra desde 1971.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: