Logo Leandro e CIA

Reunião sobre Refis 3 termina sem acordo

Publicado em:

O líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que a intenção do governo é ceder e permitir a terceira edição do Refis

Da Agência Câmara

Brasília – Terminou sem acordo a reunião dos líderes da base aliada com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para discutir a reabertura do Programa de Recuperação Fiscal (Refis). O líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que a intenção do governo é ceder e permitir a terceira edição do Refis. “A tese geral é de se criar uma outra oportunidade para as empresas. Porém, com prazos menores. Além disso, o método não poderá estimular a inadimplência”, advertiu. O líder acrescentou que o governo pretende ainda negociar prazos, multas e juros.

Veto

O Refis 3, que foi incluído no projeto de conversão da Medida Provisória que corrigia a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, foi vetado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O argumento do Ministério da Fazenda é que, com o Refis, criado em abril de 2000 para o parcelamento de débitos tributários, o governo estaria contemplando os devedores, em detrimento dos que pagam em dia.

Os parlamentares marcaram um terceiro encontro com o ministro para a próxima semana.

Serviço:
Agência Câmara – www.camara.gov.br

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: