Notícias


Reforma tributária pode ser votada em separado de CMPF

A proposta de reforma tributária que está sendo preparada pelo governo federal só será enviada ao Congresso Nacional no final deste semestre, afirmou o ex-governador do Rio Grande do Sul Germano Rigotto. Filiado ao PMDB, Rigotto foi indicado pelo partido para acompanhar a discussão da reforma junto ao governo.

"A única coisa que posso adiantar é que tanto a DRU e a CMPF não vão integrar essa proposta de reforma", afirmou, referindo-se às propostas de prorrogação da Desvinculação de Recursos da União e da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras. "Elas serão discutidas em separado".

Fonte: Agência Brasil