Notícias


Receita notificará 22 mil contribuintes por suspeita de sonegação

BRASÍLIA – A Receita Federal informou ontem que começará a notificar cerca de 22 mil contribuintes, entre pessoas físicas e jurídicas. A partir de segunda-feira, o órgão pedirá esclarecimentos sobre a origem dos rendimentos, para investigar a suspeita de sonegação.

Essa é uma das medidas da Estratégia Nacional de Atuação da Fiscalização da Receita Federal, que será detalhada hoje. A Receita, no entanto, não esclareceu como constatou as suspeitas de sonegação.

A primeira fase da estratégia de fiscalização da Receita havia sido anunciada no início de março. Na ocasião, o órgão pretendia notificar cerca de 37 mil contribuintes suspeitos de omitir rendimentos em suas declarações de imposto de renda nos últimos cinco anos. As pessoas físicas foram o alvo da fiscalização, realizada simultaneamente em todo o país.

Os dados utilizados na operação foram mais complexos que os obtidos na malha fina. Além das informações indicadas no imposto de renda, gastos suspeitos com cartões de crédito e transações imobiliárias foram levados em consideração.

De acordo com a Receita, cerca de 30 mil contribuintes foram investigados por distorções na declaração do Imposto de Renda. Os demais 7 mil sequer apresentaram declaração. Os contribuintes começaram a ser notificados em 10 de março, uma semana após o início do prazo para a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2008.

(Agência Brasil)