Notícias


Receita descobre golpe de até R$ 2 mi em restituição do IR

Uma operação da Receita Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal e a Polícia Federal, descobriu um golpe que pode ter provocado prejuízos de até R$ 2 milhões em restituições indevidas do Imposto de Renda das Pessoas Físicas.

A operação Malha Sertão chegou a 100 pessoas que teriam sido beneficiadas pela fraude, entre 2004 e 2006, envolvendo contribuintes dos municípios baianos de Feira de Santana, Uauá, Canudos, Umburanas, Monte Santo, Juazeiro e Rafael Jambeiro.

Os crimes foram planejados e executados por contadores e prestadores de serviços de informática contratados pelas prefeituras. Eles adulteravam as Declarações de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF), emitidas por órgãos públicos.

A Delegacia da Receita Federal em Feira de Santana já apurou aproximadamente R$ 800 mil em imposto restituído indevidamente. A estimativa é de que o golpe chegue a mais de R$ 2 milhões.

A Receita Federal está intimando todos os contribuintes que receberam restituições indevidamente, o que deve resultar numa multa de 150% a 225% do valor restituído. Após essa fase, serão abertos, pela Polícia Federal, inquéritos policiais para indiciamento dos envolvidos.

Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e 11 mandados de prisão, nos municípios de Feira de Santana, Uauá, Canudos e Umburanas.

Redação Terra