Notícias


Proposta de desoneração da folha deve garantir Previdência, diz Garibaldi

Portal Fenacon

O Estado de S.Paulo

Segundo ministro, principal proposta em debate no governo é substituição da cobrança dos atuais 20% sobre a folha, por outro tributo

Eduardo Rodrigues, da Agência Estado

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, afirmou nesta quinta-feira, 2,que a proposta de desoneração da folha de pagamento do trabalhador precisa garantir os recursos necessários para a Previdência, a longo prazo. "Estamos discutindo com o Ministério da Fazenda uma forma de compensação mais adequada", disse Garibaldi, depois do lançamento do Plano Brasil Sem Miséria, no Palácio do Planalto.

A principal proposta em debate, no governo, é a substituição da cobrança dos atuais 20% sobre a folha, por outro tributo que incidiria sobre o faturamento das empresas. Além disso cogita-se a cobrança de alíquotas diferenciadas para determinados setores, como o financeiro. "Precisamos saber se isso bate. Senão vai dar diferença e comprometer a equação da Previdência", disse Garibaldi, que logo mais vai se reunir com representantes dos trabalhadores para discutir esse assunto.

O ministro disse que na região desta quinta-feira vai expressar o seu desejo de acabar com o fator previdenciário para a concessão de aposentadoria. Segundo ele a proposta mais discutida até agora é a que substitui o fator previdenciário pelo sistema de soma da idade com o tempo de contribuição.