Notícias


Programas de auditoria interna para empresas contábeis

Portal Fenacon

Jornal do Comércio / RS

A complexidade da burocracia e da legislação tributária brasileira obriga as empresas em geral a buscarem auxilio técnico-profissional para cumprirem suas obrigações de contabilidade, tributação e de recursos humanos. Normalmente, quer seja por terceirização completa dessas áreas, ou apenas por assessoramento, as empresas de contabilidade são procuradas para executarem tais serviços. A qualificação permanente da equipe através de cursos de aperfeiçoamento, a contratação de seguro de responsabilidade técnica como forma de minimizar os efeitos de indenizações monetárias e o rompimento de contrato com clientes considerados de alto risco tributário são medidas apontadas pelo contador Renato Francisco Toigo, para evitar falhas na orientação. Como diretor-adjunto educacional da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), ele explica como o assunto vem ganhando notoriedade e ressalta, na entrevista a seguir, a necessidade de implantação de um programa de auditoria interna nas empresas de serviços contábeis de todo o Brasil. ?

JC Contabilidade – Por que a auditoria depende do trabalho de empresas de serviços contábeis?

Renato Francisco Toigo – Em função da legislação, que obriga toda empresa a ter um profissional da contabilidade como responsável pelos seus dados contábeis e tributários. Além de se mostrarem facilitadoras na execução desses trabalhos burocráticos, as empresas de serviços contábeis conseguem realizá-los com competência e menores custos, ao mesmo tempo em que assumem, juntamente com os empresários, responsabilidades, previstas em lei.

Contabilidade – Qual é a importância da auditoria em empresas de serviços contábeis?

Toigo – As responsabilidades assumidas por quem orienta e executa serviços contábeis e tributários podem, a qualquer momento, ser exigidas, quer seja por falha na orientação, quer seja pela má execução dos serviços. Do erro, embora involuntário, surgem as multas, e até denuncia ao Conselho de Contabilidade. As multas são passíveis de indenização. A denúncia coloca em risco a própria profissão do denunciado. Embora os serviços prestados pelas empresas de contabilidade sejam executados por funcionários e colaboradores, qualificados, é de seus proprietários a responsabilidade pelos possíveis erros. Afinal são estes os responsáveis técnicos pelos serviços executados.

Contabilidade – Quais são os procedimentos utilizados para minimizar esses riscos?

Toigo – Entre os passos adotados estão a execução de serviços essenciais pelos próprios proprietários e a atribuição de responsabilidades a funcionários mais graduados, com a doação de partes das quotas da organização, tornando-os também responsáveis técnicos. Outros procedimentos são a qualificação permanente da equipe através de cursos de aperfeiçoamento, a contratação de seguro de responsabilidade técnica como forma de minimizar os efeitos de indenizações monetárias e o rompimento de contrato com clientes considerados de alto risco tributário.

Contabilidade – Qual é a finalidade de tais procedimentos?

Toigo – Eles podem se tornar eficientes na prevenção de erros, mas acarretam aumento no custo dos serviços e, de certa forma, são inibidores do desenvolvimento e do crescimento das empresas de contabilidade. Além do que, o erro, mesmo que indenizado, quase sempre abala a relação de confiança entre o empresário contábil e seu cliente. O problema, embora complexo, pode encontrar na auditoria uma ferramenta eficiente para sua solução.

Contabilidade – Qual costuma ser o principal papel da auditoria interna nas empresas de serviços contábeis?

Toigo – Ela tem por objetivo a prevenção de ocorrências que possam afetar o nome das organizações, seu patrimônio, o patrimônio de seus sócios, administradores e responsáveis técnicos e a confiança de seus clientes.?

Contabilidade – E que benefícios surgem em decorrência disto?

Toigo – Criar um programa eficiente de auditoria interna nas organizações contábeis é viável e de baixo custo e, entre seus muitos benefícios, pode-se listar a revisão de todos os procedimentos internos estabelecidos até então; análise do fluxo de documentos; analise do armazenamento de dados; analise da competência dos colaboradores; atribuição de responsabilidades; facilidade na execução das tarefas; orientação a clientes sobre procedimentos que auxiliem a execução dos serviços; identificação fácil e ágil de possíveis erros; proposição de novos procedimentos internos para a execução dos serviços; acompanhamento da legislação pelos auditores; minimização de erros e consequentes indenizações; motivação de colaboradores; utilização como instrumento de marketing; facilidades na composição de custos; controle geral da organização. Com tais argumentos pretende-se desenvolver a necessidade de implantação de um programa de auditoria interna nas empresas de serviços contábeis de todo o Brasil.