Notícias


Previsão para renúncia fiscal cresce R$ 1,6 bi

Em 2008, as desonerações sobem de R$ 11,48 bilhões para R$ 14,2 bilhões com o impacto extra de R$ 2,8 bilhões

Quase três meses depois de anunciada, a última medida de desoneração tributária contida no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) será regulamentada esta semana.

Segundo o ministro Guido Mantega (Fazenda) um decreto será publicado com as regras para que as obras de infra-estrutura sejam beneficiadas com a suspensão da cobrança do PIS e Cofins, contribuições que financiam a seguridade social.

Com isso, o governo aumentou em R$ 1,6 bilhão a estimativa de renúncia fiscal deste ano nos projetos do PAC. O valor total dos benefícios subiu de R$ 6,62 bilhões para R$ 8,2 bilhões. Em 2008, as desonerações sobem de R$ 11,48 bilhões para R$ 14,2 bilhões com o impacto extra de R$ 2,8 bilhões.

 
Fonte: Folha de S. Paulo