Logo Leandro e CIA

Previdência: impacto do mínimo a R$ 506 deve ser de R$ 7,2 bi

Publicado em:

Fonte: Agência Brasil

A previsão de reajuste do salário mínimo em janeiro de 2010 para R$ 506,43 deve causar um impacto nas contas da Previdência Social de R$ 7,2 bilhões. A estimativa foi apresentada nesta segunda-feira pelo secretário de Políticas de Previdência Social, Helmut Schwarzer. Este ano, o déficit da Previdência está estimado em R$ 40 bilhões.

As informações foram dadas pelo secretário juntamente com os resultados da arrecadação no primeiro trimestre do ano. No período, a Previdência registrou arrecadação líquida de R$ 39,498 bilhões, com crescimento de 5,2% em relação ao mesmo período de 2008.

Por outro lado, as despesas com benefícios aumentaram no período 7,6%, chegando a R$ 51,591 bilhões. Com isso, o resultado no trimestre foi negativo em R$ 12,093 bilhões, com aumento de 16,3% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Recorde
Em março, a arrecadação líquida foi de R$ 14,209 bilhões, com elevação de 10,6% em relação ao mesmo mês do ano passado. É um novo recorde histórico na arrecadação mensal, sem levar em consideração os meses de dezembro, quando é pago o décimo-terceiro salário.

As despesas com benefícios aumentaram 10,8%, atingindo R$ 17,340 bilhões. O resultado ficou negativo em R$ 3,130 bilhões, com aumento de 12,1%, devido ao aumento do salário mínimo e ao reajuste anual dos benefícios acima do piso, segundo Schwarzer.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: