Notícias


Previdência alerta aposentados sobre golpe do recadastramento

da Folha Online

O Ministério da Previdência fez um alerta hoje a aposentados, pensionistas e beneficários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) sobre o golpe do recadastramento. Pessoas que se fazem passar por funcionários do INSS visitam as residências dos segurados e tentem “roubar” dados sigilosos, como número da conta bancária e senha.

O órgão informou que seus servidores não irão às residências do segurados durante o recadastramento e aconselhou os beneficiários a não receber ninguém dentro de casa, não fornecer documentos nem números e avisar a polícia caso sejam procurados.

Desde o mês passado, com o objetivo de evitar fraudes a Previdência tem chamado parte dos beneficiários do INSS a comparecer a agências bancárias para fornecer novamente seus dados ao órgão. O objetivo é suspender a concessão dos benefícios irregulares.

Desde a última terça-feira os segurados que já foram chamados devem realizar o recadastramento exclusivamente nas agências bancárias onde recebem o benefício.

A primeira etapa do recadastramento envolve 2,5 milhões de beneficiários. Quando for sacar o benefício no banco, o segurado recebe uma notificação especificando o período em que deve retornar à agência bancária para atualizar seus dados.

Em Vitória da Conquista (BA), segurados residentes na zona rural já denunciaram terem sido vítimas de golpistas que se fizeram passar por servidores do INSS.

Na cidade, além de afirmarem participar do recadastramento, essas falsos funcionários públicos também dizem que podem agilizar a liberação de empréstimo com desconto direto no benefício como forma de ludibriar os segurados.

Também para convencer os beneficiários a passar seus dados sigilosos, os golpistas afirmam que as aposentadorias e pensões serão canceladas se os documentos não forem entregues.

A Previdência já comunicou a ocorrência à Polícia Federal.