Notícias


Preço do álcool hidratado subirá ainda mais nas bombas

O preço do álcool hidratadado pode subir novamente nos postos, segundo o diretor-técnico da União da Agroindústria Canavieira (Unica), Antonio de Padua Rodrigues. O aumento vem mesmo após o acordo entre governo e usineiros, que manteve o valor do litro estável, dentro do limite de R$ 1,05.

As distribuidoras compraram grandes estoques de álcool em dezembro do ano passado, antes de medidas de combate à fraude nos combustíveis serem adotadas pelo governo federal e estadual. “As distribuidoras compraram muito. Por isso, o tiroteio vai continuar por algum tempo, com preços podendo subir nas bombas, mas estáveis nas usinas”, disse Padua ao jornal O Estado de S. Paulo.

O volume de álcool vendido em dezembro do ano passado chegou a 1,35 bilhão de litros, 27% a mais do que mesmo período de 2004. Além de antecipar as compras devido às medidas contra fraudes, as distribuidoras impulsionaram a demanda por causa do aumento da frota de carros flex, que subiu de 200 mil para 1 milhão de veículos durante o ano.