Notícias


Polícia inglesa vai usar álcool brasileiro em viaturas

Fonte: Reuters

A polícia de Avon e Somerset, no Reino Unido, começou a utilizar carros bicombustíveis, que podem ser abastecidos com álcool ou gasolina. O objetivo é diminuir a poluição do ar e extender a iniciativa para outras cidades britânicas.

Atualmente, o álcool vendido nas bombas da Inglaterra vem do Brasil e é derivado da cana-de-açúcar.

Cerca de 40 Ford Focus flex serão entregues para a frota de Somerset, no sul do país, nas próximas semanas, incluindo 15 veículos para a polícia de Avon e Somerset, dez para o Conselho do Condado de Somerset, dez para Wessex Water e cinco para Wessex Grain.

Outros 40 pedidos do carro foram recebidos de outros locais do país, segundo um porta-voz da Ford.

“Estamos bastante interessados, como uma força (da polícia), em apoiar o meio-ambiente”, disse à Reuters o assistente chefe de polícia, Steve Mortimore, durante uma cerimônia de entrega dos primeiros carros flex para a polícia de Avon e Somerset.

“Isto é um passo significativo para redução das mudanças climáticas no mundo e esperamos que seja seguido por outros”, afirmou Nick Rogers, chefe dos serviços de transporte para a polícia de Avon e Somerset.

O Ford Focus flex, colocado à venda na Inglaterra no ano passado, é o primeiro carro bicombustível do país e pode ser utilizado com qualquer mistura de álcool e gasolina no mesmo tanque.

O álcool é benéfico para o meio-ambiente ao reduzir as emissões de dióxido de carbono em cerca de 70% comparando-se com a gasolina.

O produto começou a ser comercializado neste mês em dez postos de abastecimento em Londres administrados pela rede de supermercados Morrison.

O álcool é vendido a aproximadamente 2 centavos de libra por litro mais barato que a gasolina, de 84,9 centavos de libra por litro.

A Green Spirit Fuels Ltd, subsidiária de combustível da Wessex Grain, uma cooperativa de produtores, recebeu permissão para instalar uma unidade de produção de álcool em Somerset, de acordo com a Ford.

A instalação, com previsão para início de operação no início de 2008, poderá converter 340.000 toneladas de trigo produzido localmente em 131 milhões de litros de álcool por ano em sua capacidade total.

Além do veículo da Ford, há apenas outro carro flex vendido no Reino Unido: o Saab 9-5 BioPower, da General Motor Corp.