Notícias


Pequenos negócios criam mais de 830 mil empregos

Portal Fenacon

 

 

 

 

 

As micro e pequenas empresas brasileiras foram as responsáveis pela geração de novas vagas de trabalho no ano passado, de acordo com levantamento feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), divulgado ontem. Os pequenos negócios criaram mais de 839 mil empregos no acumulado de 2013, enquanto as médias e grandes empresas fecharam cerca de 126 mil postos de trabalho.

Durante todo o ano passado, os saldos de empregos gerados pelos pequenos negócios foram bem superiores aos das médias e grandes empresas. Com isso, o saldo líquido foi de 730,7 mil empregos. Os pequenos negócios – empresas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano – representam 99% dos empreendimentos brasileiros e são responsáveis por 40% da massa salarial, segundo Sebrae.

O setor com o melhor desempenho na geração líquida de empregos (descontadas as demissões) em 2013 foi o de Serviços, com 412,8 mil novas vagas, seguido por Comércio e Construção Civil, com 209,8 mil e 136,2 mil, respectivamente. A região com o maior número de empregos gerados foi a Sudeste. Os três estados que mais se destacaram foram São Paulo, com saldo líquido de mais de 197 mil, Minas Gerais, com 84,1 mil, e Rio de Janeiro, com 81,5 mil.

As informações são do estudo mensal que o Sebrae elabora com base nos dados mais recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A metodologia leva em consideração as informações declaradas dentro do prazo estipulado pelo Ministério.

Em todo o País, o Caged apontou que no acumulado do ano passado houve um saldo positivo de 1,1 milhão de empregos formais criados.
Fonte: DCI – SP