Notícias


Pedidos de falência de empresas aumentam 12,7% em 2020, diz Boa Vista

CNN

 

 

 

 

Os pedidos de falências de empresas brasileiras tiveram alta de 12,7% em 2020, segundo Boa Vista. O levantamento foi antecipado ao CNN Business com exclusividade. É a primeira vez que o país registra aumento na demanda dos estabelecimentos desde o fim da dupla recessão de 2015 e 2016. O mesmo aconteceu com os pedidos de recuperação judicial, que subiram 13,4% na comparação com 2019.

Nos últimos três meses de 2020, houve piora nos dados de falência de empresas. Mas foi em dezembro que os números assustaram. Os pedidos e as falências decretadas dispararam 38,1% e 30,4%, respectivamente.

Em compensação, os processos de recuperação judicial e os deferidos tiveram queda de 37,9% e 34,6% no último mês do ano passado.

As micro e pequenas empresas são maioria no levantamento, com cerca de 85% do total de falências em 2020. Entre os setores da economia, os serviços responderam por 40% dos fechamentos, sendo os mais atingidos pela pandemia.

Flávio Calife, economista do Boa Vista, concorda que o resultado de dezembro chama atenção, mas prefere dar mais destaque ao comportamento do ano todo, que acabou não sendo tão negativo quanto se esperava na fase mais aguda da crise sanitária.

“Ainda não indica uma tendência, vamos acompanhar. Para 2021 nós continuamos com os mesmos riscos ligados ao consumo. Estamos começando ano sem auxilio emergencial e com desemprego aumentando. O endividamento das famílias também cresceu e a inflação está alta, o que pode pressionar capacidade de consumo. Mas vamos aguardar”, disse em entrevista à CNN.