Notícias


PB é o 2° estado do país em exportação de calçados

Jornal da Paraíba - Leia e decida

Empresas paraibanas exportaram mais de 5,4 milhões de pares no primeiro bimestre

Depois de uma redução de 33,1% nas exportações de calçados no mês de janeiro ante o mesmo período do ano passado, as vendas das empresas calçadistas paraibanas para países estrangeiros se recuperaram em fevereiro fechando o bimestre com um crescimento de 19,8% na quantidade de pares exportados, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Indústrias de Calçados (Abicalçados).

Nos dois primeiros meses deste ano, as empresas paraibanas exportaram cerca de 5,406 milhões de pares de calçados contra 4,514 milhões de pares exportados no mesmo período do ano passado. Com este resultado, a Paraíba obteve o maior crescimento percentual (19,8%) entre os cinco estados que mais exportam calçados no país, mantendo a segunda colocação no ranking nacional de exportações.

Somente no mês de fevereiro foram exportados cerca de 3,727 milhões de pares de calçados, perfazendo um crescimento de 85,9% em relação com o mesmo período de 2011, quando foram exportados cerca de dois milhões de pares. Por sua vez, em janeiro foi registrada uma queda de 33,1% no volume de exportações (passando de 2,509 milhões de pares em janeiro de 2011 para 1,670 milhão em janeiro deste ano).

Para a gestora de calçados do Sebrae na Paraíba, Éricka Vasconcelos, o crescimento registrado em fevereiro pode estar atrelado à participação de empresas paraibanas em feiras de calçados nos outros estados. “Este resultado de fevereiro nos surpreendeu porque geralmente nos primeiros meses do ano há uma baixa nas exportações. Por causa do mês de fevereiro, o resultado do bimestre acabou sendo muito bom e isto pode estar relacionado aos negócios fechados em feiras de calçados”, comentou.

Considerando o faturamento do bimestre, o crescimento em relação ao ano passado foi ainda maior. Com uma alta de 21,4%, o faturamento chegou a US$ 18,888 milhões neste ano, enquanto que no ano passado no mesmo período o faturamento tinha sido de US$ 15,563 milhões. Com este crescimento, a Paraíba saiu da quarta para a terceira colocação nacional no ranking dos estados com o maior faturamento nas exportações de calçados. A Alpargatas concentrou o faturamento nas exportações (US$ 18,4 milhões).

Para o presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados da Paraíba (Sindicalçados), Eduardo Souto, a retomada do crescimento do faturamento está atrelado tanto à alta nas exportações, quanto ao aumento da cotação do dólar perante o real. “Em 2012, já tivemos uma recuperação do dólar. A moeda, que estava sendo cotada na casa de R$ 1,70 no ano passado, agora retomou ao patamar de R$ 1,80. Isto, além de aumentar o faturamento, motiva as exportações”, comentou.

Na opinião de Eduardo, o crescimento nas exportações pode ser um indício de aquecimento no setor de uma maneira geral. “A tendência é que as vendas no mercado interno também cresçam neste ano”, disse.

Feira de Calçados
Com o objetivo de divulgar os calçados paraibanos e incentivar o crescimento da cadeia produtiva no estado, será realizada entre os dias 5 e 7 de junho a primeira feira do setor da Paraíba, a Gira Calçados.

O evento agrupará showroom, rodadas de negócios e seminário. “Este será o primeiro evento realizado no Nordeste que irá englobar toda a cadeia produtiva dos calçados, envolvendo além do produto final, também o setor de máquinas e componentes”, revela a gestora do projeto de Calçados do Sebrae, Éricka Vasconcelos.

<!–

You know the golden rule, don’t you boy? Those who have the gold make the rules.

⎯ Aladdin

–>