Notícias


Onze empresas do Brasil estão entre as 20 mais lucrativas na América Latina

Rio de Janeiro, 2 abr (EFE).- Onze empresas do Brasil, seis do México, duas da Argentina e uma do Peru integram a lista das 20 companhias de capital aberto que obtiveram mais lucro no ano passado na América Latina, segundo um estudo divulgado hoje pela empresa de consultoria brasileira Economática.

No topo da lista, aparece a Petrobras, que no ano passado teve lucro líquido de US$ 12,123 bilhões, seguida pela Companhia Vale do Rio Doce, cujo lucro em 2006 foi de mais de US$ 6,282 bilhões.

A companhia telefônica mexicana América Móvil vem em terceiro lugar, com lucro de US$ 4,015 bilhões, enquanto a siderúrgica argentina Tenaris ficou em nono lugar (US$ 2,059 bilhões) e a mineira peruana Southern Peru, na 16ª posição (US$ 1,280 bilhão).

Segundo a Economática, o lucro no ano passado das 20 empresas listadas somou US$ 51,57 bilhões, valor 21,7% maior que o registrado em 2005 (US$ 42,391 bilhões).

Todas as empresas da lista tiveram lucro líquido acima de US$ 1 bilhão no ano passado, nível alcançado por apenas 14 das 20 companhias listadas em 2005.

Em comparação a 2005, as únicas novidades da lista foram a entrada da AmBev – que ficou em 15º lugar, com lucro de US$ 1,313 bilhão – e da mineradora mexicana Grupo México – a 11ª colocada, com US$ 1,528 bilhão.

Estas duas substituíram a Cemig e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

O número de empresas mexicanas na lista aumentou de cinco, em 2005, para seis, em 2006, e o de brasileiras caiu de doze para onze no mesmo período.

Os setores de siderurgia e de telecomunicações foram os que tiveram mais representantes entre as grandes empresas do ano passado, com quatro companhias de cada área.

Segundo a Economática, as vinte empresas de capital aberto da América Latina com maior lucro no ano passado e o setor ao qual pertencem são: .1. Petrobras (BRA): US$ 12,123 bilhões.

.2. Companhia Vale do Rio Doce (BRA): US$ 6,282 bilhões.

.3. América Móvil (MEX, telecom.): US$ 4,015 bilhões.

.4. Banco do Brasil (BRA): US$ 2,827 bilhões.

.5. Teléfonos de México (MEX, telecom.): US$ 2,639 bilhões.

.6. Cemex S.A. (MEX, siderurgia): US$ 2,375 bilhões.

.7. Bradesco (BRA): US$ 2,364 bilhões.

.8. Itaúsa (BRA): US$ 2,098 bilhões.

.9. Tenaris S.A. (ARG, siderurgia): US$ 2,059 bilhões.

10. Banco Itaú (BRA): US$ 2,015 bilhões.

11. Grupo México (MEX, mineração): US$ 1,528 bilhão.

12. YPF (ARG, petróleo): US$ 1,442 bilhão.

13. Gerdau (BRA): US$ 1,347 bilhão.

14. Telesp (BRA): US$ 1,317 bilhão.

15. AmBev (BRA): US$ 1,313 bilhão.

16. Southern Peru CC (PER, mineração): US$ 1,280 bilhão.

17. Usiminas (BRA): US$ 1,177 bilhão.

18. Carso Global Teleco (MEX, telecom.): US$ 1,159 bilhão.

19. Wal-Mart do México (MEX, comércio): US$ 1,149 bilhão.

20. Arcelor Brasil (BRA): US$ 1,061 bilhão. EFE cm an