Destaque Notícias


“O Brasil não vai voltar a crescer 3%”

O Antagonista









Marcos Lisboa, presidente do Insper, disse ao Estadão que o Brasil dificilmente voltará a crescer de forma sustentável, nos próximos anos, a taxas em torno de 3%.

“Está batendo um pouco de ansiedade porque o diagnóstico estava otimista. Tudo indica que o Brasil não vai voltar a crescer 3% de forma sustentável nos próximos anos. O que a gente aprendeu no passado é que, se a gente consegue sinalizar que o Brasil está enfrentando com rigor a questão fiscal, reduzindo gastos obrigatórios e enfrentando a situação dos Estado, isso dá maior segurança sobre o futuro da economia. Isso auxilia a retomada da produção e do emprego”, afirmou.

Segundo Lisboa, é necessário avançar na agenda de reformas — mas elas não terão impacto imediato na economia.

“Deve-se acelerar a agenda de reformas. Mas as reformas não vão ter impacto já. Enquanto isso, há 13 milhões de desempregados… Não sei o que fazer nesse caso. Estamos atrapalhando a redução do desemprego ao demorar para fazer o ajuste. Consigo imaginar várias medidas que estimulam no curto prazo, mas que vão piorar a economia no médio prazo.”