Logo Leandro e CIA

Mulheres são 40% do empresariado e 36% dos executivos

Publicado em:

Fatia ainda mostra disparidade, já que proporção equilibrada seria de 50%

Quase cem anos após a primeira comemoração do Dia da Mulher — ocorrida na Alemanha, em 1914 — o público representa quase 40% do empresariado de sucesso das grandes cidades brasileiras e 36% do grupo de executivos e formadores de opinião. A informação consta em pesquisa temática divulgada nesta segunda-feira (08) pela Serasa Experian.

Conforme o levantamento, as mulheres representam 611 mil empreendedoras — grupo composto por profissionais liberais ou empresários bem-sucedidos, que vivem em áreas nobres das grandes cidades.

Já o segmento Executivos e Formadores de Opinião é formado por pessoas que vivem confortavelmente graças aos altos ganhos de uma carreira profissional de sucesso. São pessoas que têm o reconhecimento de seu sucesso e usufruem bens materiais de luxo por se considerarem merecedoras de tais regalias.

Para a professora e doutora em Sociologia Cristina Panella, que participou dos estudos, a presença das mulheres em altos cargos segue uma curva ascendente. “Ainda existe a disparidade porque o justo seria termos 50% de mulheres ocupando cargos executivos de alto escalão”, comentou.

“Mas se pensarmos que este êxodo feminino para o mercado de trabalho teve início na década de 60, chegamos à conclusão que é um fenômeno recente e, portanto passível de acomodações”, continuou.

Segundo a professora, algumas empresas já adotam políticas para aumentar o número de mulheres em postos de liderança. “Não é apenas uma tendência social, mas corporativa”, explica. “Os salários ainda são diferentes, mas rumamos para a equiparação.”

A base de dados para o levantamento foi de 135 milhões de brasileiros.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: