Notícias


Ministro da Fazenda nega estudo de aumento de IOF

DIÁRIO CATARINENSE

Mantega disse que os boatos não têm fundamento

O ministro da Fazenda negou nesta noite que o governo esteja estudando a possibilidade de aumentar a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para aplicações em renda fixa e títulos públicos. Guido Mantega deu a declaração ao sair do Supremo Tribunal Federal, onde participou da posse do novo presidente, Gilmar Mendes.

— Surgiram alguns boatos sobre isso, mas eles não têm fundamento.

Em março deste ano, o ministro Mantega anunciou três medidas cambiais, que visavam conter a alta do real em relação ao dólar, e limitar as perdas dos exportadores brasileiros. Entre elas, foi definida a alíquota de 1,5% do IOF sobre aplicações financeiras de estrangeiros em renda fixa e nos títulos do Tesouro Nacional.