Notícias


Mínimo de R$ 340 já seria um “belo aumento”, diz Luiz Marinho

O reajuste do salário mínimo de R$ 300 para R$ 340 a partir do ano que vem já seria um “belo aumento”, segundo o ministro Luiz Marinho (Trabalho). Esse valor está abaixo da reivindicação das centrais, que é um mínimo de R$ 400, e da outra proposta estudada pelo governo (R$ 350).

“Assim mesmo, seria um belo aumento do salário mínimo. Começa a ultrapassar alguns pisos de categorias”, disse.

Para ele, o mínimo irá “ultrapassar esse valor no tempo”. Mas lembrou que os valores possíveis estão em negociação no Orçamento de 2006 e que há outros desembolsos sendo analisados também, como o reajuste da tabela do Imposto de Renda, os recursos para as compensações da Lei Kandir e o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação).

Amanhã, às 15h, Marinho e o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, irão se reunir com representantes das centrais sindicais para discutir o novo valor do mínimo.

A reunião serve para “criar um clima para a audiência com o presidente Lula, na semana que vem”, avisou Marinho.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério do Trabalho, os ministros Paulo Bernardo (Planejamento) e Dilma Rousseff (Casa Civil) também participarão do encontro de amanhã.