Notícias


Mantega: dirigentes da Bovespa reclamam de barriga cheia

Fonte: Redação Terra

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que os dirigentes da Bolsa de Valores de São paulo (Bovespa) estão "reclamando de barriga cheia", em entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo desta sexta-feira. Mantega se refere aos protestos gerados pela taxação do capital estrangeiro no mercado de valores e renda fixa.

"Estão chorando de barriga cheia, porque nunca na história de um governo a Bolsa de Valores teve uma expansão tão fantástica quanto na nossa administração. Tínhamos antes uma Bolsa diminuta, pequena, sem expressão econômica", afirmou.

O ministro disse ainda que aqueles que contam com a desvalorização da moeda brasileira podem "quebrar a cara". "Foi dado um recado àqueles que apostam que vão levar o dólar a valer R$ 1,30, tirem o cavalo da chuva porque não vai ser assim."

A medida não trará mudanças radicais ao câmbio do País, mas limitará exageros e desequilíbrios que possam atrapalhar a produção do Brasil, disse o ministro. Para Mantega, a economia forte do Brasil, atrai a cobiça do "capital excedente no mundo".

Ele disse que o governo não pode observar os interesses específicos de um setor, "tem de olhar o conjunto do País, principalmente do emprego, da produção, e não da especulação". Mantega se declarou contra exageros. "Aí, me desculpe, se cada um está pensando no seu umbigo e no seu interesse pessoal e não vê as consequências para a economia", afirmou.

De acordo com Mantega, Lula disse que a medida foi boa, mas as repercussões devem ser observadas ao longo do tempo.