Notícias


Já é carnaval no Recife

Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Já é carnaval no Recife. A festa foi oficialmente aberta, por volta das19h30, pelo cortejo formado por 500 batuqueiros de dez nações de maracutus, regidos pelo percussionista Naná Vasconcelos. Eles saíram da Rua da Moeda em direçãoao palco montado na Praça do Marco Zero. O cortejo foi acompanhado pelo prefeito João da Costa; pelo secretário de Cultura do Recife, Renato L, e pelo senador Humberto Costa. Já noMarco Zero, o prefeito entregou as chaves da cidade para o Rei e Rainha do Carnaval, que comandam a folia nos quatro dias de festa.

Antes da chegada dos batuqueiros regidos por Naná, o público assistiuà apresentação do afoxé Oyá Alaxé e dos cantores Maciel Salú e Isaar. E desde às 17h, começaram a soar clarinadas de 15 em 15 minutos já anunciando a chegada da festa do momo.

Aindadurante o cortejo, João da Costa comentou que não estava na festa como prefeito e sim como cidadão, afastando a possibilidade de qualquer tipo de crítica. “Não estou aqui como prefeito e sim como cidadão. E quero brincar como folião. O Recife terá uma festa linda. Um dos melhores carnavais já realizados”, comentou.

Depois da apresentação dos batuqueiros,quem sobe ao palco é a Orquestra do Maestro Duda, que contará com a participação de Carlos Malta, Hermeto Pascoal, Claudionor Germano, Yamandú Costa e passistas da Escola Municipal do Frevo e do grupo Pé no Chão.

O grande show da noite, intitulado Mulheres do Brasil no Carnaval do Recife,será comandadopor Lenine, com a participação de Céu, Elba Ramalho, Fernanda Takai, Isaar, Karina Buhr, Maria Gadú, Mariana Aydar, Marina Lima, Nena Queiroga, Roberta Sá e Zélia Ducan.

E para quem achar pouco, ainda tem como opção os pólos das Fantasias (Praça do Arsenal), De Todos os Ritmos (Pátio de São Pedro) e Alto José do Pinho.

Galo da Madrugada – Depois de todo um dia de expectativa, a escultura do Galo Gigante foi, finalmente, montada na Ponte Duarte Coelho, por volta das 18h desta sexta-feira. A previsão inicial indicava que o Galo estaria em “pé” às 8h da manhã, mas houve um atraso por se tratar de um “novo galo”, que diferente dos outros anos não estava já pronto.

Com informações da repórter Adaíra Sene.