Notícias


Isento: 23 milhões já entregaram a declaração

O volume de declarações de Isento entregues este ano registra crescimento de 41,7% sobre 2004. Até hoje pela manhã a Receita Federal do Brasil tinha recebido 23 milhões de documentos, ante 16,2 milhões enviados no ano passado. Devem prestar contas os contribuintes que tiveram rendimentos tributáveis de até R$ 12.692 em 2004.

O supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, volta a atribuir esse crescimento elevado à demanda represada, já que o prazo de entrega em 2005 começou em 1º de setembro. No ano passado, o período de entrega foi aberto em 16 de agosto.

Por enquanto, a internet é a forma mais procurada para declarar com 11,4 milhões de documentos, seguida das casas lotéricas com 10,4 milhões. As demais declarações foram entregues nos bancos e Correios.

É bom lembrar ao contribuinte que se deixar de declarar por um ano o Cadastro de Pessoa Física (CPF) passa à condição de “pendente de regularização”. Se a omissão continuar por dois anos ou mais, o documento é suspenso.