Logo Leandro e CIA

Investimento luso no Brasil vive novo ciclo, diz empresário

Publicado em:

Lisboa, 09 Fev (Lusa) – Os investimentos portugueses no Brasil vivem atualmente um novo ciclo, afirmou nesta sexta em Lisboa o presidente da Fundação Luso-Brasileira, João Rendeiro, durante o Fórum Brasil 2007, que conta com a presença de lideranças brasileiras como o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

“O ciclo dos grandes investimentos [portugueses] está de alguma forma fechado, mas há um novo ciclo, de porte médio”, afirmou Rendeiro, também presidente do Banco Privado Português (BPP), importante investidor na área financeira brasileira, à Agência Lusa.

“Está sendo verificado um aprofundamento desses investimentos”, ao invés de “uma concentração em um número muito reduzido mas com muita visibilidade, como no passado”, comentou.

Os investimentos em andamento, na avaliação de Rendeiro, são “um conjunto menos visível, mas de grande significado”, como os exemplos da Brisa (acionista da concessionária de rodovias CCR), o banco Banif ou o próprio BPP.

As áreas onde os portugueses se mostram mais dinâmicos são as do turismo e de infra-estruturas, mas também poderão surgir oportunidades no setor financeiro, com “a queda previsível das taxas de juros no futuro, que ainda são altas”, acrescentou Rendeiro.

Ainda na avaliação do presidente da Fundação Luso-Brasileira, as principais oportunidades de investimento no Brasil, para as empresas portuguesas, estão no setor imobioliário, de turismo e de infra-estrutura.

Segundo dados oficiais brasileiros, no ano passado as exportações para Portugal chegaram a US$ 1,460 bilhão e as importações US$ 312,6 milhões. A balança comercial manteve-se desequilibrada, com um saldo favorável ao Brasil de US$ 1,147 bilhão.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: