Notícias


Internet brasileira é mais lenta que a da Etiópia

A segunda conexão média mais lenta de todo o mundo foi constatada numa cidade brasileira

Sétima maior economia do mundo, quarto maior em extensão territorial e 163º no ranking que mede a velocidade da internet. Estudo publicado pela Pando Networks coloca o Brasil atrás de países como Níger, Haiti, Etiópia e Angola quando o assunto é a rapidez da banda larga.

A segunda conexão média mais lenta de todo o mundo foi constatada numa cidade brasileira. Itapema, em Santa Catarina, tem velocidade de 61 Kbps e só não ficou em último porque a cidade de Algiers, na Argélia, oferece o acesso a 56Kbps. De acordo om o estudo, a média mundial de acesso é 508 KBps.

A liderança do ranking está nas mãos da Coreia do Sul, que cravou 2,2 MBps. Em segundo lugar vem a Romênia, com 1,9 MBps, seguida de Bulgária (1,6 MBps), Lituânia (1,5 MBps) e Letônia (1,4 MBps). Os EUA têm média de 616 KBps a China, de 245 KBps.

De acordo com a Folha.com, a pesquisa se baseou em 27 milhões de downloads feitos de 20 milhões de computadores espalhados pelo globo. Apesar de se referir a países, a lista não é composta apenas por nações. Em duas ocasiões, foram encontradas classificações como "Anonymous Proxy" e "Satellite Provider" que, segundo a Folha, referem-se a conexões realizadas por meio de proxy e provedor via satélite cujo país de origem não pôde ser identificado.