Notícias


Índice que reajusta aluguéis tem deflação em março

Fonte: INVERTIA

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), indicador usado para calcular os reajustes dos aluguéis de imóveis, teve deflação de 0,23% em março. O índice caiu 0,24 ponto percentual em relação a fevereiro, quando registrou alta de 0,01%.

Apesar da queda no IGP-M, o Índice Geral de Preços ao Consumidor (IPC), que registra a variação do custo de vida, teve alta de 0,22%, puxado, principalmente, pelos custos de alimentação e habitação. Os custos de alimentação tiveram alta de 0,04%, mas o índice demonstra alta de 0,55 ponto percentual em relação a fevereiro. Já os custos de habitação tiveram alta de 0,21% em março, contra deflação de 0,01% no mês anterior.

Já o Índice de Preços por Atacado (IPA), que também compõe o IGP-M, acentuou a queda registrada em fevereiro, de 0,02%, e teve deflação de 0,48% em março, mesmo com a alta de 3,17% nos preços dos combustíveis.

O terceiro índice que compõe o IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), referente ao grupo bens intermediários, também teve desaceleração na alta dos preços, caindo de 0,28% em fevereiro para 0,23% em março.

O IGP-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.