Notícias


Governo vai anunciar pacote de incentivo para a casa própria

FABIANA FUTEMA
da Folha Online

O governo federal deve divulgar na quarta-feira um pacote de medidas para incentivar a expansão do crédito imobiliário. Entre as novidades está o orçamento de R$ 8,5 bilhões para financiar a compra da casa própria para a classe média.

As medidas foram aprovadas na reunião da semana passada do CMN (Conselho Monetário Nacional), que até agora não deu detalhes sobre o encontro. Entidades do setor financeiro e da construção civil informaram que as decisões do CMN não foram divulgadas porque serão anunciadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Do orçamento para financiar a classe média, R$ 6,5 bilhões devem sair dos bancos privados, que utilizam recursos da caderneta de poupança para conceder crédito imobiliário.

A Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) e CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) levaram para a reunião do CMN uma proposta para elevar a concessão de crédito imobiliário em 40% na comparação com 2005, quando os bancos privados direcionaram a quantia recorde de R$ 4,793 bilhões para financiar 60.769 moradias.

Os R$ 2 bilhões restantes devem sair do orçamento da Caixa Econômica Federal, que voltou a financiar a aquisição da casa própria com recursos da poupança no final do ano passado.

Além do orçamento para a habitação, bancos e construtoras esperam pelo anúncio de outras medidas de incentivo para o setor, como a redução de impostos incidentes sobre materiais de construção. A idéia é baratear o custo desses materiais para as famílias que estão construindo ou reformando o imóvel.