Notícias


Funcionários do INSS ameaçam fazer greve de 48 horas na próxima semana

Os servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) devem paralisar suas atividades por 48 horas na próxima semana. A decisão foi tomada na plenária realizada neste final de semana pela Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social).

A paralisação –prevista para os dias 24 e 25– é uma reação da categoria contra a decisão da Previdência de ampliar o horário de atendimento ao público sem abrir concurso para contratar novos funcionários. Os servidores pedem a contratação de 10 mil funcionários, mas o INSS acena com a possibilidade de abrir só 1.000 vagas.

Pelo novo horário, em vigor desde ontem, as agências passam a abrir das 8h às 18h para atendimento ao público. Pode haver variação de horário de acordo com a região.
O novo horário não precisará ser aplicado nas agências sem demanda de público, com falta de mão-de-obra e deficiência de infra-estrutura e segurança.

A Fenasps defende a implantação do novo horário em dois turnos de trabalho desde que sejam contratados novos funcionários, se façam investimentos na modernização dos equipamentos e instalações e melhorias nas condições de atendimento.

Coincidentemente, a paralisação de 48 horas começará no Dia Nacional do Aposentado. No dia 25 será feriado na cidade de São Paulo.