Notícias


Fisco alerta para e-mail falso de declaração do IR

Quadrilhas especializadas em crimes pela internet estão aproveitando o período de entrega da declaração do Imposto de Renda para aplicar golpes nos contribuintes. Elas enviam e-mails falsos em nome da Receita Federal pedindo que as pessoas físicas informem dados bancários e fiscais pela rede. Com as informações, os criminosos tentam fazer compras ou saques nas contas dos contribuintes. O Fisco esclareceu ontem que não envia e-mails sem autorização dos contribuintes e que as mensagens são falsas.

Uma das mensagens que circula na internet traz um link prometendo ajudar o contribuinte a preencher a declaração do IR e a pagar menos tributo. Segundo a Receita, quem receber a mensagem deve apagá-la. Esses e-mails iludem as pessoas pois costumam usar nomes e timbres oficiais. Além disso, têm vírus que podem danificar o computador. Outras mensagens solicitam regularização de CPF.

Quase um milhão de contribuintes já entregaram a declaração do IR 2006. Até ontem, às 18h, a Receita havia recebido 970 mil documentos — 8% mais sobre igual período de 2005.

A Receita libera hoje, às 9h, a consulta ao 3 lote residual do IR 2005 (ano-base 2004). Para saber se está no lote, a pessoa física pode consultar a internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para 0300 78-0300. Ele reúne 102.386 contribuintes, com restituições de R$ 150 milhões.

MP do Simples vai enfrentar maratona no Senado

Após passar mais de dois meses na Câmara aguardando votação, a medida provisória 275 (que fixa alíquotas do Simples) foi aprovada esta semana. Mas o texto terá de passar por uma maratona no Senado antes de ser convertido em lei. Na sua frente há cinco MPs que já trancam a pauta de votação. Na Câmara, o governo conseguiu aprovar a alta da alíquota máxima, de 8,6% para 12,6%. E o limite de faturamento para a pequena empresa se enquadrar no Simples passou de R$ 1,2 milhão para R$ 2,4 milhões. E na micro, de R$ 120 mil para R$ 240 mil.