Notícias


Exportações são alvo de debate

Logomarca do veículo

Segundo a gerente de Negócios Internacionais da AD Diper Ivone Malaquias, existem mercados menos exigentes, como o africano, em expansão nos setores de construção civil, têxtil e alimentícios

Da Redação

Os conselheiros da Associação Comercial de Pernambuco (ACP) participaram, ontem, na sede da instituição, de um fórum de debate sobre as exportações das empresas pernambucanas. Apesar da desvalorização do dólar, a coordenadora da Rodada de Negócios e Prospecção do Sebrae, Margarida Collier, defendeu o aumento da participação de Pernambuco na pauta de exportação. De acordo com os dados apresentados por Margarida, as vendas para o exterior do Estado representa 0,54% das exportações do País.

Segundo a gerente de Negócios Internacionais da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Ivone Malaquias, existem mercados menos exigentes, como o africano, em expansão, principalmente, nos setores de construção civil, têxtil e alimentícios. Os empresários presentes reclamaram das altas taxas de impostos, dificultando a concorrência.