Notícias


Empresas brasileiras perdem R$ 1 trilhão no ano

Fonte: Redação Terra

Um levantamento divulgado nesta segunda-feira pela consultoria Economatica mostrou que 330 empresas brasileiras de capital aberto perderam cerca de R$ 1 trilhão do valor de mercado entre 1º de janeiro e 24 de outubro de 2008.

Segundo a Economatica, o valor de mercado das empresas analisadas no final de 2007 era de R$ 2,099 trilhões. Já no dia 24 de outubro, era de R$ 1,055 trilhão, o que representa uma queda de R$ 1,044 trilhão, ou 49,7% do valor de mercado da bolsa brasileira.

O setor de construção, com 30 empresas, tiveram queda de 72,3% do seu valor de mercado, saindo de R$ 53,1 bilhões no final de 2007, para R$ 14,7 bilhões na última sexta-feira, perdas de R$ 38,3 bilhões. O setor de papel e celulose é o segundo mais atingido, com uma queda do seu valor de mercado de 67,7%.

O setor menos atingido é o de telecomunicações, que no mesmo período apresenta queda de 23,5% do seu valor de mercado.

Já o setor de petróleo e gás é o com a maior queda nominal, com perdas de R$ 231,9 bilhões. O segundo setor com maiores perdas é o de finanças e seguros, com queda de R$ 223 bilhões, seguido peloo de mineração, com queda de R$ 160 bilhões.

Os três setores (petróleo e gás, finanças e seguros e mineração) juntos respondem por 58,9% da queda de valor de mercad,o ou R$ 615 bilhões.