Logo Leandro e CIA

Empresas brasileiras conquistam os EUA, diz New York Times

Publicado em:

Folha Online

da BBC Brasil

Empresas brasileiras estão entre as chamadas "multilatinas" que nos últimos anos estão conquistando grandes espaços do mercado americano, segundo reportagem publicada nesta quarta-feira no diário americano "The New York Times".

Gerdau, Embraer, Petrobras e Odebrecht são algumas das "intrépidas" companhias que, junto com outras latino-americanas, já respondem por investimentos da ordem de US$ 30 bilhões nos Estados Unidos –um significante aumento em relação aos US$ 8 bilhões registrados uma década antes.

"As novas multilatinas são empresas agressivas e capitalizadas, produto da liberalização dos mercados que afetou as economias latino-americanas nos anos 1990", escreve o repórter. "Seu alcance nos Estados Unidos e no resto do mundo está começando a atrair olhares."

Estima-se que 100 mil americanos trabalhem para empresas latinas, de um total de 5 milhões empregados por estrangeiros, diz a reportagem.

O jornal destaca a posição da Gerdau, que se tornou a segunda maior empregadora na cidade de Wilton, no Centro-Oeste americano. A siderúrgica brasileira "importa um novo estilo de gerenciamento e capital novo para modernizar e expandir uma velha usina e amansar um forte sindicato de trabalhadores".

De acordo com o artigo, apesar de os investimentos das latinas ainda serem pequenos comparados aos de multinacionais de países mais ricos, a sua taxa de crescimento é mais alta, revelando o processo de exportação de capital que começa a caracterizar as econômicas dos países emergentes.

"No ano passado, pela primeira vez, os US$ 26 bilhões investidos por companhias brasileiras no exterior superaram com folga os US$ 18 bilhões investidos por estrangeiros no Brasil", diz o artigo.

Em 2005, as companhias mexicanas investiram US$ 6 bilhões no exterior, diz o jornal.
Um relatório do Deutsche Bank sobre as "multilatinas" divulgado no mês passado prevê que o saldo de investimentos neste ano continue sendo "muito positivo" neste ano.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: