Logo Leandro e CIA

Empresa paga R$ 42 mil por choro de secretária

Publicado em:

Fonte: INVERTIA

A indústria de motocicletas Kasinski foi condenada a indenizar em R$ 42 mil uma ex-secretária, por assédio moral. A funcionária, segundo o processo no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, foi ofendida pelo chefe e acabou chorando. Segundo uma testemunha, ela teria sido chamada empresa de burra, idiota e incompetente.

O relator do processo considerou inadmissível que a ação do empregador “fira a dignidade humana” e que a empresa submeteu a secretária a situação de constrangimento e discriminação. A Kasinski recorreu do processo, mas o valor da indenização foi mantido.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: