Logo Leandro e CIA

Copom faz maior corte de juros desde 2003, a 11,25%

Publicado em:

Fonte: Redação Terra

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu nesta quarta-feira cortar a taxa básica de juros (Selic) em 1,5 ponto percentual, para 11,25% ao ano. Esse foi o maior corte desde novembro de 2003, quando a taxa passou de 19% para 17,5%.

Os juros do País atingiram o menor patamar desde março do ano passado, quando estavam em 11,25%. Em abril de 2008, a Selic foi elevada para 11,75%.

“Avaliando o cenário macroeconômico, o Copom decidiu, neste momento, reduzir a taxa Selic para 11,25% ao ano, sem viés, por unanimidade”, disse o BC em comunicado.

“O comitê acompanhará a evolução da trajetória prospectiva para a inflação até a sua próxima reunião, levando em conta a magnitude e a rapidez do ajuste da taxa básica de juros já implementado e seus efeitos cumulativos, para então definir os próximos passos na sua estratégia de política monetária”.

A redução foi de 1 ponto percentual na reunião anterior, em janeiro. Na ata da passada reunião, o comitê indicou que iniciava um processo de flexibilização da política monetária, ou seja, de redução dos juros básicos.

A taxa de juros é o principal instrumento que o BC tem para controlar a inflação. Se os juros caem, a população tem maior acesso ao crédito e consome mais, com possibilidade de pressionar os preços.

Para Octavio de Barros, economista-chefe do Bradesco, “a decisão veio em linha com nossa previsão, que também já apontava unanimidade. Os dados do PIB (do final de 2008) foram emblemáticos para a decisão. Prevemos queda (da Selic) até 9,25% no final deste ano, o que pode ocorrer ainda no terceiro trimestre. Isso é compatível com nossa visão de um crescimento próximo de zero do País.”

Com Agência Brasil e Reuters.

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: