Notícias


Confira 10 erros cometidos por pequenas e médias empresas

De acordo com os dados do Sebrae, cerca de 96% das empresas que fecham as portas nos primeiros anos pertenciam ao segmento de micro e pequenas empresas. De acordo com o consultor em gestão empresarial Sidney Shiroma, diretor da Fagus Consultoria, a falta de experiência e de conhecimento sobre a nova atividade são os dois grandes desafios enfrentados pelos empreendedores.

“Não possuir um plano de negócios ou planejamento estratégico, que oriente os rumos da empresa, é algo prejudicial. É preciso ter um plano bem claro, objetivo e detalhado, antes de realizar qualquer ação ou investimento, seja de tempo ou de dinheiro. Caso contrário, a empresa fica extremamente exposta ao fator sorte”, avalia.

Outro erro que acontece com freqüência é misturar as finanças da empresa com as pessoais. É preciso estabelecer, segundo ele, um pro-labore (salário) para os sócios, semelhante aos funcionários. “Este valor deve ser transferido para a conta corrente pessoal, e serve para cobrir as necessidades/despesas pessoais dos sócios. Não confundir o pró-labore com o lucro da empresa”, adverte.

O especialista fez um rol com os erros que merecem destaque:

1. Não possuir um plano de negócios, planejamento estratégico ou análise mercadológica;

2. Misturar as finanças da empresa com as pessoais;

3. Contratar qualquer familiar ou amigo, sem levar em conta a capacidade profissional. "É preciso estabelecer os pré-requisitos para cada cargo/função, e selecionar as pessoas com o melhor perfil/competências necessárias para a empresa",l diz;

4. Não estabelecer metas e prazos para as pessoas. Além de definir o que cada sócio/funcionário deve realizar, é preciso estabelecer uma data/hora para finalizar. "Eliminar o gerúndio (estou fazendo, estou providenciando,…) pois tempo é dinheiro. As despesas tem data fixa para pagamento. O atraso de uma tarefa pode atrasar o recebimento de uma receita e prejudicar o fluxo de caixa da empresa";

5. Tomar decisões sem informações precisas, principalmente informações financeiras. "É preciso ter um controle detalhado de todas as receitas, despesas fixas e variáveis, e investimentos. É fundamental simular os impactos futuros de qualquer ação. Ex: Saber qual o custo operacional para definir o preço de venda dos produtos e a política de descontos";

6. Contrair empréstimos para pagar as despesas operacionais, sem ter um plano de recuperação/reestruturação. "Se a empresa não consegue pagar as despesas operacionais com as receitas da operação, é preciso mudar/rever o plano do negócio. Não confundir despesas operacionais com investimentos";

7. Não tomar as decisões no momento em que é preciso, principalmente quando envolvem demissões, mudanças de procedimentos, aumento de atividades e controles, suspensão de operações, aumento no investimento, entre outras. "Prorrogar a decisão só aumenta a necessidade de mudanças e seus impactos";

8. Perder o comando, a comunicação e o respeito das pessoas. "Todos têm a sua devida importância para o perfeito funcionamento do organismo, mas algumas pessoas são e precisam exercer o papel do cérebro (decisão, planejamento, comando) e outras, dos órgãos e membros do corpo (operação, execução, controle)";

9. Ficar dependente de funcionários, fornecedores ou clientes. É preciso evitar esta dependência que traz riscos significativos para o negócio, elaborando planos de contingência para a falta/desistência destes. “Quem tem um, não tem nenhum”. Tenha pelo menos dois funcionários com conhecimento dos processos-chave, dois fornecedores distintos de matéria-prima/produtos e dois clientes com a mesma proporção de receitas;

10. Acreditar que sabe tudo, que não precisa de ajuda e que nunca enfrentará dificuldades. "É preciso ouvir e considerar a opinião/sugestão dos funcionários, clientes e fornecedores, se atualizar e se aperfeiçoar continuamente, e buscar ajuda profissional para agregar valor à operação da empresa.

Links úteis aos usuários

Clique aqui e compare preços de produtos e serviços de gestão

Clique aqui e compare preços de centenas de produtos

Matérias relacionadas

Estudo traça diretrizes para internacionalização de empresas

Empresa de TI que capacita pessoal ganha isenção fiscal

Saiba como a gestão do conhecimento transforma as empresas


Leia Também:

Saiba como se comportar no primeiro emprego

Estudante cotista prefere concurso a enfrentar mercado

Mulher se perde na gestão do tempo e dos objetivos

Como saber se chegou a hora de trocar de emprego

Diversidade na empresa deve ir além de sexo e raça

Saiba quais setores devem demandar mais executivos

Mercado de trabalho aquecido embute armadilhas

Chega de choradeira! Aproveite a virada e mude de vida

Confira o passo a passo na contratação de um líder

Boa conduta em reuniões ajuda a carreira do funcionário

Bom relacionamento garante emprego e futuro profissional

O momento exige ações inovadoras na busca por emprego

Evite exageros no visual na hora de pedir emprego

Educação corporativa ainda não está consolidada no país

Especialistas falam sobre uso da minissaia no trabalho

Poluição de SP facilita entupimento das artérias

Saiba como sair de férias e desligar-se do trabalho

Conheça alguns direitos de quem cumpre contrato de experiência

Religião e esporte reduzem esgotamento profissional

Problemas com voz levam professor a faltar em média cinco vezes ao ano

Atividade física no trabalho não reduz sedentarismo

Adequar-se ao sono do funcionário pode engordar o lucro

Empresa inativa também deve prestar contas à Receita

Mudanças no IRPF reduz número de contribuintes que prestarão contas

Programa Microempreendedor Individual passa a ser nacional

Tributarista alerta para casos em que isento deve declarar IR