Notícias


Bancos ofertam crédito vinculado à restituição de 2006

As instituições financeiras já começam a oferecer linhas de financiamento vinculadas à restituição do Imposto de Renda 2006. O diferencial desse crédito está nas taxas de juros, mais atraentes do que em outras modalidades. O risco de inadimplência praticamente não existe, porque o banco desconta o valor do empréstimo de uma só vez, diretamente na conta corrente em que a devolução será depositada.

O Banco do Brasil é uma das primeiras instituições a oferecer o produto. Caixa Econômica Federal, Bradesco e Itaú informam que vão contar esse tipo de crédito, com previsão de ser lançado ainda no início de março.

O valor mínimo do empréstimo no BB é de R$ 100 e o máximo, 70% do valor da restituição, limitado a R$ 10 mil. Os juros cobrados para valores de até R$ 5 mil são de 3,3% ao mês. De R$ 5 a R$ 10 mil, a taxa cai para 2,75% a.m..

O Crédito Antecipação do IRPF do BB pode ser contratado nas agências, nos terminais de auto-atendimento ou pela internet. Na hipótese de adquirir pelo meio virtual, o valor só é liberado após o recibo da declaração ser apresentado na agência em que o cliente tem a conta. O pagamento do crédito ocorre em data única no dia restituição, ou até 15 de janeiro de 2007. O que acontecer primeiro.

No ano passado o BB realizou 193 mil operações do gênero em todo o País, emprestando R$ 242 milhões. Desse total, R$ 8,9 milhões foram no Ceará, totalizando 7.541 operações. Mais do que os 7,1 mil registrados em 2004, com cifras de R$ 7,8 milhões. A expectativa para o mercado cearense, este ano, é aumentar o total de usuários desse produto em cerca de 50%.