Notícias


Ânimo com Olimpíadas ajuda Bovespa a fechar em alta

Fonte: Redação Terra

Perspectivas animadoras para a economia brasileira, somadas ao efeito da eleição do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016 sobre algumas ações, fizeram a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) descolar do tom negativo da Bolsa de Nova York nesta sexta-feira. Depois de ter chegado a cair 1% logo nos primeiros minutos do pregão, o Ibovespa, principal índice do mercado, foi ganhando força e fechou valorizado em 1,18%, a 61.171 pontos. O volume de negócios foi de R$ 6,94 bilhões.

Para analistas, a combinação de dados mostrando vigor da economia doméstica com a expectativa de que alguns setores sejam beneficiados com os Jogos Olímpicos na capital fluminense neutralizaram o pessimismo com a frágil recuperação nos Estados Unidos.

Um dos gatilhos para o bom desempenho da bolsa paulista foi o anúncio de que a produção da indústria brasileira cresceu 1,2% em agosto na comparação mensal, ante mediana das previsões de analistas ouvidos pela Reuters de alta mensal de 0,8%.

"Isso corrobora o sinal de recuperação econômica vigorosa", disse Kelly Trentin, analista da SLW corretora.

O BofA Merrill Lynch liberou relatório elevando a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2010, de 4,5% para 5,3%.

Com esse pano de fundo, companhias ligadas ao mercado doméstico, como construtoras, voltaram a brilhar. Foi o caso de Cyrela, a melhor do setor, com avanço de 4,7%, a R$ 23,30.

No meio da tarde, o anúncio da escolha do Rio de Janeiro para hospedar as Olimpíadas de 2016 cobriu de euforia os negócios com papéis de empresas tidas como beneficiárias potenciais do evento no Brasil.

TAM, líder do mercado doméstico de viagens internacionais, subiu 3,5%, a R$ 23,81. Vivo, refletindo a expectativa do aumento do tráfego de ligações, disparou 4,7%, para R$ 46,60.

Light, distribuidora fluminense de energia elétrica, teve alta de 3,75%, a R$ 25,71. Gerdau, maior fornecedora de aços para construção civil, ganhou 3,25%, para R$ 23,86.

Outros destaques
Sobrou até para a rede Hoteis Othon, com um salto de 77,8%, a R$ 0,64, e giro financeiro de R$ 21,1 milhões. Segundo a consultoria Economática, o papel, que não compõe o Ibovespa, tem movimentado uma média de R$ 85 mil por dia em 2009,

Outra alavanca para o Ibovespa foi o papel preferencial da Vale, que subiu 2,55%, para R$ 36,58, ainda refletindo o otimismo com as informações prestadas pela empresa em reunião com analistas na quarta-feira.

Essa combinação ofuscou novos dados mostrando uma recuperação errática da economia dos EUA, onde o ritmo de demissões cresceu inesperadamente em setembro. Além disso, houve um revés nas encomendas à indústria do país em agosto.

O resultado foi uma queda de 0,23% do índice Dow Jones.

Saiba mais
O mercado acompanha de perto o desempenho do Ibovespa porque este é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro. O índice retrata o comportamento dos principais papéis negociados na bolsa. A pontuação do Ibovespa aumenta na medida em que sobe o valor das ações.