Logo Leandro e CIA

Ambiente para o microcrédito é ruim

Publicado em:

O Brasil é o quarto pior país da América Latina em ambiente para a concessão de microcrédito – empréstimo de baixo valor a trabalhadores que buscam gerar renda própria –, segundo estudo da consultoria britânica Economist Intelligence Unit para o Banco Interamericano de Desenvolvimento e a Corporação Andina de Fomento.

Na escala criada para o estudo, o Brasil teve boa pontuação para clima de investimento (62,1, a segunda melhor), mas foi prejudicado nos quesitos marco regulatório (43,8) e desenvolvimento institucional (33,3). A pontuação final ficou em 43,3. No ranking de 15 nações, o Brasil só superou a Argentina, Venezuela e Uruguai.

O ambiente para o microcrédito não tem relação com as condições econômicas dos países. Isso explica como a Bolívia, a mais frágil economia sul-americana, está no topo do ranking, mesmo pontuando apenas 47,1 no item ambiente de investimento. O país vizinho ganhou a nota máxima (100) para seu marco regulatório, e obteve 75 pontos em desenvolvimento institucional.

A classificação, com a respectiva pontuação, foi esta:

Bolívia, 74,1 pontos; Peru, 74,1; Equador, 68,3; El Salvador, 61,5; República Dominicana, 57,5; Nicarágua, 53,8; Paraguai, 52,9; Chile, 48,3; Mexico 48,3; Colômbia, 46,1; Guatemala, 44; Brasil, 43,3; Uruguai 35,8; Venezuela, 27,4, e Argentina, 26,8 pontos. (AG)

Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos lhe ajudar hoje?
%d blogueiros gostam disto: