Notícias


Álcool sobe 20% por causa do apagão aéreo, diz sindicato

Fonte: INVERTIA

A presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sincopetro) de Sorocaba, Ivanilde Vieira, afirmou ontem que as distribuidoras de combustíveis estão aproveitando a crise aérea e as viagens de fim de ano para reajustar em 20% o preço do álcool.

De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, o reajuste do combustível já começou a ser repassado ao consumidor nas bombas.

Para Ivanilde, o aumento é “extremamente oportunista”, e diz que os distribuidores aproveitam o período favorável às viagens para elevar o preço. Ela lembra que, no ano passado, faltou álcool justamente na época do carnaval.

A presidente do Sincopetro de Sorocaba acredita que, além das festas de fim de ano, a crise no setor aeroviário, com grandes atrasos em vôos, também estimulou o aumento do preço, já que as viagens terrestres passaram a ser a melhor opção.

“O aumento no preço do álcool acontece desde a véspera do Natal. O repasse no valor do produto, porém, só teve início nesta semana, quando os estoques findaram”, disse.

Segundo Ivanilde, o reajuste no álcool deverá resultar em um aumento do preço da gasolina, que tem 23% de álcool.